Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Aprender

verbalizado por Fábio, em 25.02.09

Mais um ano. Um ano que passou. E tanta coisa que mudou, tanta coisa diferente. Não por causa da chamada "maioridade". Não. Foi o mundo à minha volta que mudou e eu tive de aprender a lidar com novas situações, novas pessoas, desilusões, novas maneiras de estar na vida. E fui-me mudando (também) e moldando a todas as situações que me apareciam pela frente.

 

Este foi um ano muito conturbado. Coisas boas e más, como sempre, mas foi especialmente dificil. Tive de me habituar, de novo, a vehos amigos. Senti-me desiludido. Andei a correr pela Regaleira outra vez. Chumbei num estágio. Senti-me desmotivado. Fui à Holanda, a Paris e a Bruxelas. Senti-me gozado e humilhado por pessoas que nunca pensei que fossem capazes de fazer o que fizeram; amigos. Aprend a ter uma imagem "não tão boa" de todas as pessoas no geral, para depois não me desiludir com elas; apenas me surpreender pela positiva. Voltei a pisar o grande palco da Culturgest com aquela gente maravilhosa. Durante este ano senti saudades, senti vontade de chorar muitas vezes e algumas delas sem razão aparente, senti-me abandonado e a mais. Despedi-me da Leal com um brilhozinho nos olhos. Dormi umas poucas de vezes em casa da Ctarina. Fui ao concerto dos Sigur Rós. Descobri os Peace Revolution. Vi coisas inpensáveis que me deixaram triste. Preocupei-me muito e às vezes demais. Experimentei coisas novas. Apareci em casa da Rita à meia noite nos anos dela. Consolidei amizades. Trabalhei num call center, a aturar velhos irritantes.Senti vontade de parar. Fui assaltado. Ouvi conselhos para me tornar uma pessoa melhor. Senti-me apertado. Vi os meus amigos a irem cada um para seu lado. Fui a Ben & Jerrys comer o Fossil Fuel. Fui ao teatro e ao cinema, muitas vezes, mas não tantas quanto gostaria. Tirei a carta. Fui ao penedo da Amizade. No Verão ia todas as quintas, sextas, sábados e domingos ao topo do palácio da Regaleira para espairecer um bocadinho. Senti-me a acreditar em tudo, mesmo, e continuo um boacado assim. Senti-me num jogo, senti dôr. Apanhei as molhas da minha vida. Senti que dei mais valor aos outros do que a mim próprio. Engoli muitos sapos. Ri às gargalhadas. Descobri o Viva la Vida. Desculpei e pedi desculpas. Dinamizei-me! Estive no 2M, nos cinemas do Floresta, com os duendes, com as fadas e com o encenador mauzão. E tantos, tantos outros momentos, bons, maus, felizes e tristes, que ficam por resumir...

 

Cresci. Aprendi a ver o mundo de outra forma. As pessoas. As coisas. Fruto das situações que me foram aparecendo. Fui aprendendo com os erros. Com os meus e com os dos outros. Claro que tenho pena de coisas más que aconteceram e não me vou esquecer das imagens e palavras que tenho na cabeça. But the show must go on e já está tudo ultrapassado! Espero que até fevereiro de 2010 as coisa me corram bem melhor do que até aqui, apesar de ter os melhores amigos do mundo, sim, em todos estes momentos, em todos os momentos da minha vida estão eles, vocês, os meus amigos, os únicos que tenho, os grandes. Aqueles que me fazem rir, que me fazem chorar, que me agarram, que me suportam e que confiam em mim. Aqueles com os quais eu sei que posso contar. Aqueles que estão lá. Aqueles que me fazem viver e para os quais eu vivo. Sem vocês não seria aquilo que sou hoje. Não me sentiria assim. E aproveito para vos pedir desculpa se, de alum modo, defraudei as vossas expectativas ou se vos desiludi. Desculpem.

 

Obriigado amigos. Obrigado a todos do fundo do coração por serem as pessoas que são

 

Obrigado amores-prefeitos!

 

Agora e daqui para a frente Viva la Vida! Mas a minha.

 

 

Parabéns para mim!

 

Foto: João Valinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 00:01

Eternizar

verbalizado por Fábio, em 21.02.09

Aquela que, apesar das discussões e desavenças que às vezes existem, será sempre a minha mãe. Tem sido forte e lutou contra tanta coisa.

 

PARABÉNS MÃE!

 

Até já*

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 22:35

Inesperar

verbalizado por Fábio, em 20.02.09

... ou Surpreender!

 

E a vida é feita disto. De surpresas. De coisas inesperadas. De pequenos pormenores desconhecidos. E é isto que nos dá alegria e vontade de viver. Sei que encaras as surpresas que te aparecem todos os dias pela frente de forma positiva e esta é mais uma das muitas que a vida te reserva. Digo isto tudo porque sei que aquilo que hoje te damos não seria uma coisa que estivesse de alguma maneira presente no teu pensamento, porém dar-te-á oportunidade de desfrutares de outros prazeres. Prazeres esses que tu tanto aprecias.
 
Hoje (dia 19/2)  completas 19 anos e nós, como teus amigos que somos, achámos por bem partilhar este final de dia contigo. Juntámo-nos todos, amigos e conhecidos, para te surpreender, para te ver sorrir.
 
Como vês não há “conveniência” que resista à nossa amizade e a nossa ligação nunca vai acabar. Falo por mim e por todos os teus verdadeiros amigos que aqui estão hoje. Aqueles com que podes contar para sempre, nos bons e maus momentos.
 
Vamos estar sempre aqui, e alguns deles já estão há mais tempo que eu, mas não importa. Consolidámos a nossa amizade. E agora vão ser mais 19, mais 19, mais 19…
 
 
Diverte-te e goza Olavo!
Um abraço!
Fábio.
Retis.
GdP.
 
PARABÉNS AMIGO!
 
 
PS: com o devido respeito ao destinatário, mas tinha de publicar este texto aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 01:33

Redireccionar

verbalizado por Fábio, em 18.02.09

Tenho muitos amigos com blogs no Blogger... Ok tenho alguns amigos com... Tenho 6 amigos com blogs no Blogger... mas não deixam de ser amigos (e também não deixam de ser 6) por não terem um blog no Sapo, de maneiras que tive a brilhante ideia de criar um blog no Blogger eu também, só porque sim, com o original titulo de:... Verbos! E o endereço teve de ser http://verbosnosapo.blogspot.com porque houve um engraçadinho que decidiu sujar o bom nome desta chafarica e criar um blog para ele sozinho, porque pelo intresse que tem, ninguém o visita. Não que este tenha algum, mas pelo menos tem coisas consitentes para se lerem (e daí... talvez.... bom...). Se não acreditam vejam: http://verbos.blogspot.com. Morrer não digo, ams este senhor merecia cair na linha do metro e ficar paraplegico.

 

Bom, os estimados leitores que clicaram no link do Verdadeiro blog dos Verbos no Blogspot, depararam-se com o facto de terem vindo parar aqui outra vez. Pois, não é desta que vão ver coisas bonitas, porque aquele blog foi uma maneira engraçada que eu arranjei para ter alguma coisa para mostrar a quem visita o meu perfil no Blogger. Como está tudo aqui... vâm parar aqui e nem precisam de se mexer, nem de acordar nem nada. Estas maravilhas da tecnologia...

 

E pronto, prometo que a próxima inovação é um blog como deve de ser!

 

Até já!

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 04:40

Dinamizar

verbalizado por Fábio, em 13.02.09

 

Vamos acordar os suburbios!

 

Dinamizem-se, filhos!

 

ASSOCIAÇÃO DE DINAMIZAÇÃO SÓCIO-CULTURAL

 

 

“O que pode ser feito por cidadãos para colmatar as claras insuficiências de oferta cultural num subúrbio...”

 

www.dinamo.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 02:10

Controlar

verbalizado por Fábio, em 09.02.09

Acabo de descobrir o motivo pelo qual estou sozinho e pelo qual eu sou infeliz: sou "controlador", ou pelo mesnos é isso que deixo transparecer, até às pessoas que eu esperava que nunca me dissessem uma coisa destas.

 

Porquê? Se calhar é porque gosto das pessoas, ou porque sou amigo delas e o cerebro feminino intrepreta, na genaralidade dos casos, as coisas de maneira errada.

 

Enfim... Vou deixar de fazer perguntas aos meus amigos, até eles virem ter comigo e dizerem "Então não me perguntas se está tudo bem?" ao que eu vou responder "epá, não. Tenho medo se te estar a controlar".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 21:50

Evoluir

verbalizado por Fábio, em 08.02.09

É sempre bom ver que os nossos amigos estão a aprender, a evoluir em alguns aspectos  e a mostrar aquilo que valem. É bom saber que se estão a dedcar e que essa dedicação está a resultar. Eu tenho duas, que estão a evoluir e a mostrar quem é que manda ali, pá! E estão tão crescidas!.

 

Ora assim é que é! Espero que se continuem a dedicar, a saltar por cima dos obstáculos ou a contorná-los para melhorarem cada vez mais. Espero que continuem a evoluir e que se tornem naquilo que querem mesmo ser. Acrizes. Sem deixarem de ser as pessoas que são.

 

Continuem a agarrar-se assim, com essa força, à corda que vos prende a esse sonho e a essa vontade! Força!

 

Beijinhos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

verbalizado às 18:55

Barbarizar

verbalizado por Fábio, em 07.02.09

A bárbara que há na Bárbara:

 

 

Isto de ser Bárbara tem que se lhe diga.

 

Ui ca medo!

 

Até que é uma manina fofinha e simpática (se não lhe meterem pessoas com ideiais diferentes à frente, ou o senhor Pedro). Ah grande Bárbara pá!

 

(ah ah ah, pronto Bárbara já está)

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 23:59




Anúncios


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728



Verbos mais conjugados





visitar


Mais sobre mim

foto do autor