Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Assinalar

verbalizado por Fábio, em 21.01.17

Este blog completou 10 anos no dia 14 deste mês. Só agora consegui passar por aqui para assinalar tal acontecimento. Ainda assim acho uma vergonha nenhum de vocês, caros leitores, se ter lembrado do aniverário, e ter vindo aqui rebentar um ou dois tubos de confettis. Nem um champanhe. Nada. Desiludem-me. 

Bom...10 anos significam que esta chafarica nasceu em 2007, ano em que estreou o Ratatui e em que passávamos o dia a ouvir o Umbrella e o Waiting on the World to Change. E avaliar pelo que se está a passar nos Estados Unidos, as preces do John Mayer foram ouvidas... Ainda assim tenho ideia de não ter apanhado nenhum rato a cozinhar, para já. 10 anos é muitas vezes a repetir a mesma frase à minha almofada "és tão estupido Fábio Ventura". Calma, às vezes troco o vocativo "Fábio Ventura, es tão estúpido". De repetir tantas vezes a minha almofada já decorou e já não preciso dizer nada. Sou eu que a oiço. Ou era. No outro dia saiu-se com "Fábio, vais ficar para tio e nem irmãos tens". As verdades doem. Mas a trituradora da Valorsul vai aplicar-lhe uma dor maior. Deitei-a fora. 

Se forem vasculhar pelo meio dos 312 verbos que escrevi em 10 anos vão perceber o que a minha almofada aturou. Eu quando vasculho faço a mesma cara de quando piso uma peça de lego, descalço, e a seguir espeto com o mindinho na esquina de uma Kalax  ou de uma Billy. Sim. A minha nova almofada também é do IKEA.

Já contei várias vezes como é que este blog nasceu. Não vos vou maçar outra vez com a história do parto. Preciso de vos contar e de partilhar convosco histórias da minha vida para tentar encontrar a porta de saída do salão escuro que é a minha vida. Vai resultando. Já encontrei uns fósforos. Húmidos. Nada mau. Na verdade preciso de vos dizer "és tão estupido Fábio Ventura", porque as almofadas do IKEA são uma merda.

10 anos de Verbos. Chupa Pipoca Mais Doce.

IMG_2245.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 06:06

Tentar

verbalizado por Fábio, em 11.01.17

Este blog tem estado uma pasmaceira. Mais ou menos como a minha vida. Estou a tentar que deixe de ser assim. Em relação ao blog. Em relação à vida é mais difícil. Todos os dias tento muita coisa. Tentamos todos. Andamos sempre com olhos nos pés, a tentar perceber se esta ou a outra pedra têm a felicidade escondida lá por baixo. Eu como vejo tão bem dos pés como dos olhos de verdade, farto-me de espetar patarrões de força em pedregulhos e nunca descubro o que eles têm lá debaixo.

Tento todos os dias ir buscar forças para me levantar da cama. Procurar alento é um trabalho a que dedico uns largos minutos da minha existência, quando acordo. Antes de sentir o frio gélido do mundo, que se faz sentir logo ao tirar o cobertor. E às vezes demoro imenso tempo a tentar encontrar esse alento. Tento falar todos os dias com as pessoas de quem mais gosto, faço mesmo questão. E elas nem sonham no trabalho de pesquisa de alento que faço quando falo com elas.

Tento salvar vidas, fazer rir pessoas, realizar sonhos... porque não consigo fazer isto comigo. E eu tento. Juro que tento. Tento não entrar por caminhos cujos trajectos dêem cabo da minha existência, tento não queimar o almoço, tento que não me caia nenhuma árvore em cima de um carro. Tento ter forças para despachar o trabalho todo que tenho pendente. Tento que me percebam, que me entendam, que gostem de mim e de falar comigo. Acho que todos precisamos disso, sempre, embora não o admitamos. Tento tanta coisa e às vezes parece que estou a tentar tudo mal. Vejam bem que, até para desenvolver o meu talento nato - que é dormir - eu tenho andando a tentar arranjar técnicas novas...

Infelizmente a vida não é uma Kalax do IKEA. Nem o Monopólio da Hasbro. A vida não vem com um livro de instruções nem tem garantia. O que é realmente uma chatice, porque eu gostava de chegar à loja e dizer "olhe menina, a minha vida está avariada, veja lá o que é que me consegue fazer com isto. Não era para devolver, é para arranjar" e não posso.

Posso fazer isso, eventualmente, com a Kalax do IKEA. Se precisarem da minha ajuda, eu monto-a e realizo o vosso sonho. E fico com o Rossio, no Monopólio. Ao menos estou entretido.

IMG_6610.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

verbalizado às 02:21




Anúncios


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Verbos mais conjugados





visitar


Mais sobre mim

foto do autor