Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sentar

verbalizado por Fábio, em 18.11.08

Sentar-me.

 

Sentar-me na praia, a olhar o mar, e pensar no que mudou, nas pessoas, no mundo..

 

Sentar-me no palco e pensar nos que por lá passaram. Todos especiais, por certo, mas há sempre aqueles que marcam mais. Pensar no amigo dos caracóis, na amiga pequenina arquitecta, na amiga dos olhos grandes e bonitos, na amiga das riscas, no amigo da mochila, no amigo preto, na amiga grande, na amiga pequenina loira, no amigo mulatinho, na amiga obstáculo, na amiga dos caracóis, no amigo das montagens, na amiga preta, no amigo das imitações. Sentar-me e pensar nos momentos que passei com cada um deles.

 

Sentar-me na Regaleira a pensar nas teatrices, na tia, nos amigos da produção, em Folias! e nos tempos que lá estive até muito tarde(ou cedo).

 

Sentar-me no comboio e ver as diferentes variedades de pessoas que há por este mundo afora. Observar o comportamento de toda uma sociedade.

 

Sentar-me na cama depois de acordar.

 

Sentar-me na Leal e pensar no que fiz por lá. Nos amigos que conheci, nas relações que tive. Nas pessoas que já não vejo há muito tempo, como a amiga ruiva e a amiga dos óculos verdes. Sentar-me e pensar nas pessoas com as quais já não falo, pensar que já fomos amigos.

 

Sentar-me na Verona ou na Panialves e lembrar-me dos tarecos. Em especial de um com quem eu falava tanto.

 

Sentar-me no Parque das Nações e pensar nos amigos que lá estiveram comigo. Nos momentos que passámos juntos.

 

Sentar-me na Omena e aturar gente chata que não quer Tv Cabo.

 

Sentar-me ou apenas passar nos sitios onde estivemos e lembrar-me da amiga dos olhos grandes e bonitos, na amiga pequenina arquitecta, e na amiga das riscas.

 

Sentar-me na mãe tilia e no Vinil e lembrar-me do teatro. Retis e Tapafuros.

 

Sentar-me no doiseme e lembrar-me de cartas, peças, luzes, emoções e toques.

 

Sentar-me em frente à igreja de Rio de Mouro, encaixado no canto das paredes e ficar apenas a olhar para um monte de carros e casas.

 

Sentar-me aqui onde estou, escrever e ver fotografias antigas que me fazem lembrar de tudo.

 

Sentar-me a ouvir música.

 

Apenas sentar-me e pensar em tudo por um momento que seja.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

verbalizado às 22:14





Anúncios


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30



Verbos mais conjugados





visitar


Mais sobre mim

foto do autor