Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desconfiar

verbalizado por Fábio, em 06.01.09

Infelizmente, tenho uma mãe que não confia em mim. Já não é de agora, já é de há muito, não sei porquê. Talvez porque, raras vezes, eu tenha contribuido para alimentar essa desconfiiança ou outra qualquer. Mas esse tempo já passou. Agora os tempos mudaram-se e a relação não melhorou muito. Uns dias pior outros melhor.

 

Às vezes acho que o problema não eram eles, sou eu. O problema era e sou, sou eu. Porque há discussões na mesma, há desconfianças, há queixas. E eu guardo-me, fecho-me e fico aqui no meu mundo fechado. "Nunca me ligas nenhuma" diz ela. E não ligo. Porque me fecho, porque ela só me fala do meu pai e "da outra". E eu não suporto isso. Percebo, percebo que esteja magoada e ferida, percebo tudo. Não consegue enterrar o passado e eu é que sofro com isso. Gostava que, pelo menos, confiasse mais em mim, e que, pudessemos ter uma conversa decente mais vezes por semana. "É tudo para meu bem" não é bem tudo. Eu tenho 18 anos, tenho cabecinha e sei o que estou a dizer.

 

Mas como ela diz se calhar não é a única que não confia em mim. Deve haver tantas mais por aí.

 

Mas eu gosto dela, apesar de tudo, é a única que tenho. É minha. É a minha mãe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 00:45




3 conjugações

De Catarina Salgueiro a 06.01.2009 às 01:58

"As relações humanas são frágeis..."

Se bem que a nossa nunca foi, ou pelo menos nunca senti que fosse. Sempre confiei em ti Fábio, muito mesmo. Mais do que confio em muitas outras pessoas. O que começou por uma piada ("brincar" aos psicólogos não era?) tornou-se numa grande amizade baseada na confiança e em muito mais. Porque sei que te posso contar tudo que não me vais julgar ou desiludir e issso é o mais importante.
Quanto aos outros, as coisas hão-de melhorar acredita.
Vá e agora para te rires um bocadinho uma piadinha seca pode ser? Mesmo que não possa eu digo:

"Quantos psicológos são precisos para mudar uma lâmpada?"
R: "Apena um, mas só se ela estiver preparada."

AHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAH

(eu sei que te estás a rir)

Beijinho, anima-te amigo!

De ar/mãe indignada a 06.01.2009 às 16:12

em 2009 já li em dois blogs e respectivos comentários queixas das mamãs!!! hum... isto está mal para a classe....
mas aqui vai o meu conselho: fala com ela!! (lembras-te do filme? é parecido) não te feches. fala, abre-te um bocadito!! sabes, o q assusta as mães é o desconhecido, é não saberem, é olharem para os seus meninos e meninas a crescerem e não os reconhecerem. é procurar o olhar e ele fugir-nos.
é natural, faz parte. passamos a vida em transformação. mas as mães têm mil receios. às vezes uma conversa franca (não uma discussão), um mergulho olhos nos olhos e um abracinho, ajudam a tranquilizar muitas aflições. fala com ela. não te escondas.

De Marco a 07.01.2009 às 04:01

O meu pateta tas sempre a pôr tudo para dentro de ti e nada para fora, estás cada vez mais parecido comigo embora nunca te tinha dito isto antes lol.

Ha um tempo atrás era tal a qual a tua pessoa não falava so acumlulava e depois depressão em cima dele lol se bem que era uma depressão muito bem escondida, tão bem escondida que somente uma pessoa deu por ela e foi essa mesma pessoa que me disse que podia confiar nela para abrir a boca e falar um bocado, se fosse precisso, era e é so ligar-lhe seja a que hora for e ela vai estar lá para mim.

E n venhas com essa merda que niguem confia em ti porque isso é mentira pura e dura, eu as vezes posso até ser um bocado bruto contigo e ser talvez demasiado sincero mas nunca leves tudo aquilo que digo a peito, faço-o para ver se tu reages e se sais dessa tudo concha da proteção dos sentimentos alheios, n te esqueças que és uma pessoa e não um robot.

Abraço e olha que os problemas que tens agora já eu os tive e volta e meia batem cá a porta de novo mas nda que uma conversa boa e honesta não resolva.

Adios

conjugar (comentar) verbo



Anúncios


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Verbos mais conjugados





visitar


Mais sobre mim

foto do autor