Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verbos

A vida em verbos... (em especial a minha) Se estão à procura de coisas sobre o significado dos verbos mesmo e assim...este não é bem o sitio certo, mas pode ajudar. Para conjugações e coisas do género, é melhor irem aqui www.priberam.pt :)

Verbos

A vida em verbos... (em especial a minha) Se estão à procura de coisas sobre o significado dos verbos mesmo e assim...este não é bem o sitio certo, mas pode ajudar. Para conjugações e coisas do género, é melhor irem aqui www.priberam.pt :)

Revelar

03.04.08, Fábio

Revelar é um verbo que se aplica, todo ele, à minha ida a Amsterdão. Porquê? Porque todos os sentidos deste palavra se encaixam perfeitamente no que vivi durante estes 8 dias e também porque tenho uma fixação especial por palavras começadas pela 18º letra do alfabeto...

 

Revelaram-se segredos, outros eus, pessoas, histórias, locais, cores, cheiros e paisagens. Revelaram-se novas amizades, coisas nunca antes vistas, tocadas e sentidas. Revalaram-se cidades fantasma, casas em moinhos, bancos com nomes estranhos, montras roliças e jardins brilhantes. Revelaram-se costumes, comidas e montanhas russas espectraculares. Revelou-se magia, diversão, carinho e amizade. Revelaram-se jogos de cartas, danças no meio da rua, canções em qualquer lado. Revelaram-se piadolas, graças e gargalhadas. Revelou-se Bordéus, Haarlen, Amsterdão, Madurodam, Haia, Deft e Gouda. Revelou-se Leiden. Revelaram-se Volendam, Edam e Alkmaar. Revelaram-se Bruxelas; Brugge e Paris. Revelações, sonhos, bicicletas, sensações incríveis. Magia. Revelamo-nos.

Revelemos agora as fotos.

 

Um abraço.

 

Até já.

 

PS: A foto que aqui está é da Joana Martins.

4 comentários

Comentar post