Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cerrar

verbalizado por Fábio, em 02.07.08

O horizonte é o fim espelhado nas ondas do mar baila o teu nome despertando a violenta harmonia dos elementos. Vagueio em tua direcção sem rumo, adormeço dormente no teu fugaz olhar. Desaguo marés, rebento vagas, embalo tempestades por um segundo apenas da tua presença. Se o vento um dia as tuas pálpebras cerra, desisto, morro, caio por terra.

 

Este texto foi feito em Outubro/Novembro do ano passado, em Sintra. Partes foram de criação minha outras foram inventadas por outra pessoa. Era suposto ter seguido por SMS. Não seguiu. Aqui fica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

verbalizado às 03:58




conjugar (comentar):

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Verbos mais conjugados




Mais sobre mim

foto do autor