Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Transformar

verbalizado por Fábio, em 13.10.08

É incróvel como as pessoas se transformam. Em 3 anos tudo ficou diferente. Tudo mudou. Menos eu. Ou pelo menos eu não alterei assim tanto a minha maneira de ser. Claro que penso de maneira diferente. Sei outras coisas. Mas sou o mesmo Fábio. Serei? Acho que sim. E cada vez mais me apercebo de como os outros mudaram. E depois desiludo-me.

 

Eu começo por não gostar das pessoas e à medida que as vou conhecendo melhor vou criando o gosto. Começo a gostar delas. E Isto é quase como que um travão, uma regressão. Porque disto eu não estava à espera. Não estava preparado. Deixar de gostar depois de pensar que conhecemos as pessoas. É tão dificil. E eu não funciono assim.

 

Enfim, como li num blog: Vou "ser feliz no nada ja que nada me faz feliz"

 

 

"Tudo se transforma, nada se perde" Não é bem assim. Atenção que às vezes há coisas que se perdem quando se tranformam.

 

Até já.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 23:33




conjugar (comentar):

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Verbos mais conjugados




Mais sobre mim

foto do autor