Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sentir

verbalizado por Fábio, em 04.11.07

Sinto-me mal. Preciso dum abraço. Auqle que poucas pessoas sabem dar. Um que aconchegue. Que console.

 

A música que traduz o que eu sinto, é esta:

 

 

Não sei bem porquê. Mas acho que é um acumular de situações. Sinto, às vezes, que os "supostos" amigos gozam comigo e não me dão o apoio que eu preciso. Sinto-me de parte. Sinto-me infeliz. Nada corre bem. Na rua. Em casa. Na escola. Em todo o lado. Ando a procura daquilo que nunca tive: mimos e momentos felizes.

 

Se calhar não mostro o que sinto e por isso não tenho o apoio dos amigos. Mas às vezes temos momentos destes. Fraquezas. Sentimos que há pessoas que deixaram de confiar em nós. Pessoas de quem gostamos. AMigos. Familia. Seja o que for. Pessoas importantes. Atitudes, no minimo. estranhas que me deixam assim.

 

Porque é que as coisas não são como nós queremos. Porque é que os problemas caiem todos em cima de mim ao mesmo tempo. Porque é que eu não consigo gerir o meu tempo e os meus sentimentos e essas coisas todas?

 

Apetece-.me ir para a janela gritar "Abracem-me" Se bem que jão fosse a mesma coisa. Os "amigos" deviam sentir quando precisamos de um abraço. Eu sinto quando eles precisam (embora alguns sejam capazes de recusar...mas precisam).

 

Sinto-me mal. As pessoas mudaram. As atitudes mudaram. Os estilos mudaram. Mudou tudo. Sinto-me como se estivesse num mundo desconhecido, onde toda a gente é... parva. Às vezes sinto que sinto o que as pessoas que se matam sentem (passo a redundância). O desespero. A angústia de não consegurem viver num mundo que para elas já não faz sentido. Acho que ainda não chego a esse ponto.

 

Sinto-me triste.

Sinto-me desanimado e desiludido.

Sinto-me fraco.

Sinto-me incompreendido.

Sinto-me gozado, usado e humilhado.

Sinto que faço mal a mim próprio.

Sinto que sou demasiadamente disponivel.

Sinto que os outros nãos entem por mim o mesmo que sinto por eles.

Sinto-me carente.

Sinto-me mal.

Sinto-me um idiota!

 

Sinto as lágrimas a correrem-me pelo rosto juntamente com aquela água qquente que sai do chuveiro, pois é o único sitio onde se pode chorar a vontade aqui em casa. A banheira.

 

Sinceramente, não tenho paciência nenhuma para ir ver ao dicionário o que raio significa o verbo Sentir. Mas quem é que precisa de mais explicações?

 

Sinto que um amigo verdadeiro não precisa de ler isto tudo tim-tim por tim-tim para saber o que estou a sentir.

 

Senti-me melhor, num dia em que estava mal, quando uma amiga me mandou a simples mensagem "Como estás? Beijinho*"

 

Fui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

verbalizado às 20:48




conjugar (comentar):

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930



Verbos mais conjugados




Mais sobre mim

foto do autor