Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Saudadar

verbalizado por Fábio, em 06.05.08

Encontrei um texto que fala da saudade. Saudadar = ter ou sentir saudades de alguém, de alguém que fugiu, que desapareceu no meio do escuro da noite.

 

 

Chegou a noite da tristeza.

Estás a ver o céu negro? Hoje não tem lua da esperança.

É enorme!

Não sei onde ele começa. E tu? Sabes onde começa o céu?

Não sei onde termina. E tu? Sabes onde termina o céu?


E se eu te contasse um segredo?

Tu és aquele céu,

feito de tudo e de nada,

sem princípio nem fim.

 

De repente, começam a surgir estrelas.

Consegues ver?

Primeiro uma,

depois outra,

olha mais uma!


Repara bem:

umas são maiores,

outras mais pequenas;

umas brilham tanto,

outras são mais tímidas.


Sabes o que são aquelas estrelas?

Não sabes?

Vou dizer-to baixinho, porque mais ninguém pode saber:

são pedacinhos de saudade - inevitavelmente presentes,

mas eternamente inalcançáveis.

 

Às vezes, as estrelas são tantas
que o céu não chega para as abrigar.

Nessa altura, começa a cair chuva

que é feita das tuas lágrimas.

E entre gotas de tristeza e nostalgia,

a saudade vai-se diluindo.

 

São estas estrelas que te iluminam a noite,

até que o dia surja e a tristeza dê lugar à alegria.

São estas estrelas que se embrulham no
brilho da ternura e são feitas de saudade.

 

Saudade de uma pessoa que partiu sem aviso

e levou uma parte do teu coração.


Saudade de uma infância irremediavelmente perdida,

onde tudo era feito de alegria, verdade e sonhos.

 

Saudade de um aroma único e irrepetível que se perdeu no tempo,

mas perdura na tua memória.

 

Saudade de um sabor que tu não sabes dizer

se era doce ou amargo,

intenso ou suave,

porque te sabia à ternura de alguém tão querido.

 

Saudade de um beijo doce,

de um abraço quente,

de um sorriso límpido,

de uma voz inconfundível,

de um olhar sincero.

 

(...)

 


Saudade de um passado que ainda não passou.

 


Saudade.


 

Mafalda, in Palvras e(m) Silêncio: http://palavrasemsilencio-mafalda.blogspot.com

 

 

 


Saudade é não saber.

Autoria e outros dados (tags, etc)

verbalizado às 19:16




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Verbos recentes



Verbos mais conjugados




Mais sobre mim

foto do autor